Eu quero me enganar

Ok amigos. Chega dos discursos morais, dos conselhos que todos acham necessários, de relembrar casos antigos pra me fazer cair na real. Eu lembro disso tudo e sei de todos esses conselhos também. Mas olha, eu quero me enganar.

Não façam essas caras de assustados como se eu estivesse dizendo a pior coisa em mil anos. Na verdade, não é nada demais e todos vocês aqui já passaram por isso. O desejo, puro e insano, de continuar arriscando numa coisa sem futuro. A vontade de insistir numa coisa que, não parece que vai dar tão certo assim, mas e se der? Eu quero ter certeza. 

Se tudo der certo, tanto faz o que o mundo considere certo hoje. Uhuuu, confetes, corações e chocolates. Vocês só vão ter que compartilhar da minha felicidade, do meu bom humor exagerado, dos meus contos do dia a dia, que podem não ser interessantes mas eu gosto de contar. Vai ser fácil , eu garanto.

Se der tudo errado... Bom, levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima vai virar meu lema. Vai me render alguns dias chatos, algumas noites tristes. Vai doer, doer muito, vai partir meu coração. Mas coração partido continua batendo certo? Não vai ser diferente comigo. Eu vou me conformar, depois aceitar, depois perceber o quanto eu estava iludida, vivendo num sonho, e, no fim, vou conseguir superar isso tudo. É o clichê da vida: chuva depois arco íris. 

Pode ser que não seja esse cara, pode ser que não seja esse sonho, pode ser que não seja esse emprego o certo a aceitar. Mas eu preciso ta gente? Eu tenho essa mania doida de querer aprender por mim mesma. Pra lá na frente eu não ter dúvidas do que eu poderia ter feito.

Vai que da certo? Vai que esse caso vinga? É minha hora de ganhar ou aprender alguma coisa. Eu quero arriscar ta? Eu quero me jogar desse penhasco e esperar que alguém me segure lá em baixo. Se não tiver ninguém, bom, talvez tenha água. Nadar não é o meu forte mas eu consigo me virar com isso. Eu dou um jeito. Sempre.
Me acompanhe nas redes sociais

4 comentários:

Comenta ai !

Tecnologia do Blogger.